MS anuncia R$ 53,1 milhões para saúde bucal e 96 novos CEOs

A nova verba anunciada será utilizada, entre outras medidas, na criação de 96 novos CEOs – R$ 4,5 milhões para construção dos centros, mais R$ 789,8 mil mensais de custeio em 2009. O Ministério da Saúde também pretende suprir a necessidade de prótese dentária no País: a meta é sair dos atuais 350 laboratórios de prótese dentária para 550 até o final de 2010. Todas as ESBs também vão receber o referente a um consultório, o que representa 100% de aumento na verba repassada para a implantação, além da verba que é enviada para a manutenção. O ministério vai determinar em que os municípios deverão aplicar os recursos – entre outras definições, serão especificados que tipos de equipamentos podem ser adquiridos. Segundo o coordenador nacional de Saúde Bucal, Gilberto Pucca Jr., - O objetivo é melhorar as condições de trabalho do cirurgião-dentista e ampliar a quantidade de procedimentos realizados pelas ESBs, para que elas possam resolver mais problemas de saúde bucal - Dessa forma, espera-se que as equipes passem a encaminhar menos pacientes para os CEOs, contribuindo para a diminuição das filas nos centros. - É um crescimento das ESBs maior do que as metas do ministério já propunham - enfatiza Pucca, para quem os investimentos vão fazer crescer o mercado de trabalho para cirurgiões-dentistas e auxiliares entre 20% e 30%. SB-Brasil 2010 – Ainda no Encontro, foi anunciado oficialmente o levantamento epidemiológico SB-Brasil 2010, que avaliará as condições de saúde bucal dos brasileiros. Já neste mês, o Ministério da Saúde dará início aos exames do levantamento, realizado em parceria com a ABO Nacional. - Criamos uma Política Nacional de Vigilância em Saúde e o SB-Brasil é um instrumento desta política. Queremos que a cada 10 anos seja feito este levantamento. O SB-Brasil não é uma avaliação da política, ele serve para monitorar a política permanentemente, para acompanhar o impacto epidemiológico. Esperamos que o levantamento também seja assumido por Estados e municípios, e o Ministério da Saúde se colocará à disposição para ajudar - afirmou Pucca. O SB-Brasil 2010 é coordenado pelo cirurgião-dentista Ângelo Roncalli, professor da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN). O I Encontro Nacional de CEOs e ESBs da Estratégia Saúde da Família reuniu mais de 800 pessoas, que atuam em todos os Estados brasileiros. Todos os debates e discussões aconteceram em plenárias, envolvendo os participantes. Segundo a organização do evento, o objetivo é qualificar o Brasil Sorridente, avaliando seus avanços e necessidades, para que o programa possa crescer com qualidade. Novos CEOs – Os novos centros serão criados em 18 Estados: Alagoas (2), Amazonas (1) Bahia (11), Ceará (7), Goiás (3), Maranhão (2), Minas Gerais (8), Pará (7), Paraíba (12), Pernambuco (2), Piauí (5), Paraná (3), Rio de Janeiro (12), Rio Grande do Norte (1), Rio Grande do Sul (1), Santa Catarina (2), Sergipe (2) e São Paulo (15). “Os novos centros devem atender a população mais carente, permitindo tratamento bucal adequado, evitando milhares de extrações de dentes e reforçando a inclusão social no País. Desde que o Programa Brasil Sorridente foi criado, em dezembro de 2002, cerca de três milhões dentes deixaram de ser extraídos entre a população usuário do SUS”, comemora Gilberto Pucca Jr. Atualmente, 88 milhões de pessoas vivem em áreas cobertas por ações e serviços de saúde bucal da rede pública. Os CEOs são divididos em três tipos. Do total de serviços credenciados, 49 são do tipo I (com três cadeiras odontológicas); 39 do tipo II (de quatro a seis cadeiras); e 8 do tipo III (com no mínimo sete cadeiras). Atualmente, são 675 centros; com as novas unidades, serão 771, garantindo tratamentos endodônticos e periodontais, atendimento a pacientes com necessidades especiais, cirurgia oral menor e diagnóstico de câncer bucal. Serão destinados R$ 4,5 milhões para construção e mais R$ 789,8 mil mensais para custeio. O trabalho nos CEOs complementa o das ESBs, responsáveis pelo primeiro atendimento ao paciente. Fonte: ABO NACIONAL Mais informações: www.saude.gov.br

Deixe seu comentário


Notícias

ABO

No Facebook

ABO

No YouTube

ABO

No Instagram